quarta-feira, 29 de julho de 2015

DE FRENTE COM A SAÚDE: RONCO, APNEIA E ARRITMIA CARDÍACA

Todos nós precisamos respirar para sobreviver. Quando respiramos acordados não faz barulho o ar entrando e saindo do nosso corpo, mas ao deitar algumas pessoas quando respiram provocam um barulho quando respiram, e isso se dar o nome de Roncoa obesidade, a má postura ao deitar, o estômago cheio, isso facilitará para que o ronco ocorra.
Diante da interrupção da passagem do ar, aparece esse barulho que irrita o companheiro ou a companheira, em um estágio mais avançado, haverá um deslocamento das glândulas que se encontram perto da língua impedindo totalmente a passagem de oxigênio. Isso se dar o nome de Apneia do sono.

Essa parada na respiração traz vários transtornos para o corpo, mesmos dormindo precisamos de oxigênio. Como a apneia para de entrar oxigênio no nosso corpo, como existe um computador central que comanda tudo. Quando o oxigênio para de entrar o cérebro manda uma descarga muito grande de algumas substâncias para acordarmos e voltarmos a respirar. Imaginem!!!
O CORAÇÃO  É A BOMBA QUE BOMBEIA O SANGUE PARA TODA PARTE DO NOSSO CORPO. mesmo dormindo ele não para. No sangue sabemos que têm oxigênio que são transportados pelas hemácias.
O nosso cérebro não pode ficar sem oxigênio, as nossas células sobrevivem com oxigênio, parou de entrar oxigênio diante da apneia, mas ainda existe na corrente sanguínea.
Quando o cérebro manda o comando para acordarmos, o coração entra em choque, por que tem que bombear mais rápido oxigênio diante da falta que foi provocada pela apneia, com isso ocorre vários malefícios para o próprio coração, batendo em ritmo acelerado.
O individuo quando acorda algumas vezes não desperta e volta a dormir, sendo repetido por diversas vezes essa interrupção de oxigênio. A volta brusca pode levar o individuo a morte.

COM DISCIPLINA E DETERMINAÇÃO DIANTE DO CONHECIMENTO ADQUIRIDO CONSEGUIREMOS REALIZAR NOSSOS SONHOS!