domingo, 19 de julho de 2015

Google dispara e leva Nasdaq a fechar em nova máxima recorde

Ação do Google subiu 16,26%, fechando na máxima histórica de US$ 699.
Índice Nasdaq avançou 0,91%, Dow Jones caiu 0,19% e S&P subiu 0,11%.

Uma forte alta nas ações do Google levou o Nasdaq a fechar pelo segundo dia seguido em máxima recorde nesta sexta-feira (17), enquanto o fraco desempenho de ações de energia pesaram no Dow Jones e S&P 500, destaca a agência Reuters.
O índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,91%, a 5.210 pontos, nova máxima histórica. O índice Dow Jones caiu 0,19%, a 18.086 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,11%, a 2.126 pontos.
Na semana, o Nasdaq subiu 4,3%, o maior avanço semanal desde outubro de 2014. O Dow Jones acumulou ganho de 1,8% e o S&P 500 subiu 2,4%.
Ação do Goole atinge máxima histórica
As ações do Google avançaram 16,26% nesta sessão, fechando na máxima histórica de US$ 699,62, um dia após a empresa informar forte crescimento na receita com anúncios. Foi a maior alta percentual das ações do Google desde abril de 2008.
Com a disparada, o valor de mercado do Google cresceu em um único dia cerca de US$ 65 bilhões, destaca a Bloomberg.
As ações do Facebook subiram 4,53%, para a máxima recorde de US$ 94,97, com a expectativa de que a empresa possa ter desempenho com anúncios semelhante ao do Google.
No entanto, uma queda nos preços do petróleo limitou ganhos mais amplos no mercado acionário, com o índice de energia do S&P 500 caindo 1,07%, para o menor patamar desde janeiro de 2013.
As ações da Chevron caíram 1,4%. O índice do setor de serviços públicos caiu 1,06%.
Operadores estão cautelosamente otimistas sobre os próximos resultados trimestrais, após algumas empresas apresentarem desempenho acima das expectativas nesta semana.
"Será melhor do que os números de consenso estão apontando", disse à Reuters o gestor de carteira da Swarthmore Group Kurt Brunner.  "Nossa economia está indo bem. Não estamos crescendo 5%, mas temos crescimento lento e firme e acho que isso vai continuar."
Fonte: http://g1.globo.com/economia/mercados/noticia/2015/07/google-dispara-e-leva-nasdaq-fechar-em-nova-maxima-recorde.html