domingo, 20 de setembro de 2015

REFLEXÃO: MIGALHAS DO CÉU - O QUE DIZ A BÍBLIA?


"Mas, Senhor, - Respondeu a mulher - até mesmo os cachorrinhos que ficam debaixo da mesa comem as MIGALHAS de pão que as crianças deixam cair" (Mc 7:28)
Da janela da cozinha eu observava os pássaros que visitavam nosso quintal. Alguns se agarravam no viveiro das nossas calopsitas e bicavam os beirais das gaiolas, buscando pequenas sementes que ali caíam.

Outras aves estavam no chão, onde meu filho jogava as sobras de alpiste e sementes de girassol. Naquela manhã, eu vi pardais, rolinhas e um bem-te-vi. Em outros dias, já havia visto azulões, curiós e canários. Era incrível a festa que faziam para comer as migalhas que caíam em meu quintal.
Aquela cena me fez lembrar da mulher cuja história é contada em Marcos 7. Jesus caminhava com os discípulos perto da cidade de Tiro quando uma estrangeira veio Lhe pedir que curasse sua filha endemoniada. Jesus lhe falou:
- Deixe que os filhos comam primeiro. Não está certo tirar o pão dos filhos e jogá-lo para os cachorros (verso 27).

Ao comentar essa história, Ellen White escreveu: "Esta resposta teria desanimado inteiramente qualquer suplicante menos fervoroso. Mas a mulher viu que chegara sua oportunidade. Sob a aparente recusa de Cristo, viu a compaixão que Ele não podia dissimular" (O Desejado de Todas as Nações, p. 401).

Depois de ser provada dessa forma, ela respondeu com as palavras do texto de nossa meditação de hoje. Ao ouvi-la, o Mestre lhe disse:
- Por causa dessa resposta você pode voltar para casa; o demônio já saiu da sua filha (verso 29).
Os estrangeiros eram discriminados pelo povo de Israel, e Jesus queria ensinar aos discípulos que havia pessoas de fé independentemente de sua nacionalidade. A mulher, por sua vez, sabia que migalhas vindas de Deus são melhores que uma mesa abundante servida pelo diabo.

Muitas vezes, nós somos tentados por aquilo que o mundo nos oferece. Ficamos impressionados com a fartura de prazeres vazios que Satanás nos serve em uma bandeja. Todavia, é preciso saber que o verdadeiro alimento está na mesa do Pai Celeste. Se existissem migalhas do Céu, mesmo elas poderiam nos sustentar.
Na mesa de Deus está Jesus, Aquele que diz: "Eu sou o pão da vida. Quem vem a Mim nunca mais terá fome, e quem crê em Mim nunca mais terá sede" (João 6:35). Esse é verdadeiro alimento. Sacie-se dEle.