terça-feira, 17 de novembro de 2015

QUE PAÍS É ESTE? BRASIL DA IMPUNIDADE


O que está acontecendo com nosso país?
Onde vamos parar?
Porque ninguém se entende mais?



A situação do nosso país está insuportável. O governo faz o que quer e ninguém, absolutamente ninguém faz nada para impedir os desmandos. Mesmo a suprema corte que deveria ser totalmente independente para agir, tem fechado os olhos e finge não ver. O Congresso Nacional omisso, os verdadeiros representantes do povo brasileiro atolados até o pescoço com esse desgoverno do partido dos trabalhadores - PT.
"13" exatamente 13 anos o PT vem governando nosso país, tanto se pregou um país mais justo antes de chegar ao Poder. Primeiro veio Lula e se tornou o presidente mais popular do Brasil. Fingindo ser o cara mais honesto do mundo! No entanto em seus primeiros quatro anos de governo, seu filho deixou de ser funcionário de um zoológico para se tornar um grande empresário/milionário, as custas do dinheiro público. No início da gestão do PT a ganância foi tanta que em todo lugar se ouvia falar: "Deputados com dinheiro na Cueca, Deputados com dinheiro em malas e por ai vai...
Neste longos 13 anos o PT criou uma Máquina de destruição e planeja se eternizar no poder a exemplos de vários ditadores pelo mundo afora, como Coréia do Norte, Cuba etc... (seus aliados)
Um governo mentiroso, ditador: Inventaram lei da palmada, o pai não pode exemplar os seus filhos porque é violência. Inventaram a ideologia do gênero, mudando a natureza de Deus. Quem são vocês petistas miseráveis pra querer mudar o que é sagrado? Homem é homem, mulher é mulher, quem quiser deixar de ser homem, deixe, quem quiser deixar de ser mulher, deixe, porém não se pode mudar a natureza divina. Sabe porque isso está acontecendo? Porque quem está no poder acha que pode brincar de Deus, porém vão pagar caro, neste ou no outro mundo! Quem viver verás!
Infelizmente a maioria das pessoas principalmente do meu nordeste e do norte, são enganados diariamente com "Bolsa Família" e outros programas sociais. O país não tem emprego, não tem uma saúde digna... Gente nosso país está falido e a beira da destruição, acredite por favor. Vamos reagir.
Falavam de FHC, do Collor, do Sarney, qual a diferença? Muito grande, esse governo está fazendo pior do que os três ex-presidentes que acabei de citar. Collor confiscou a poupança, Dilma confiscou seu PIS/PASEP e também o seu "13" (décimo terceiro salário - exatamente o numero 13).
Estão destruindo a Petrobrás descaradamente... Pare um pouco agora e reflita, mas ainda tem muito petroleiro doentes pelo PT, que ainda culpa FHC. Quanta insolência! Ninguém se entende.
Por fim povo brasileiro, esta é a dura realidade. Em quem confiar? Na imprensa? A mídia fala conforme o que lhe convém, aliás vivem de propaganda, comerciais, de quem dá mais. Televisão, Jornais, Rede Sociais? Não, não espere por esses veículos de comunicação! Só não existe crise pra quem crê somente em Cristo Jesus, o Salvador deste mundo!
Por isso, tenho fé que existe uma luz no fim do túnel. Você cidadão eleitor, esqueça aqueles favores em vésperas de eleição, aqueles bonzinhos que dá tudo, de dinheiro a dentadura. Vote seja lá em quem for do meio da sociedade, mesmo que seja um pobrezinho, mas que seja honesto, competente e digno do seu voto. Você já votou em todo tipo de gente, o que custa acreditar em você mesmo? Você é capaz!
No último dia 15 de novembro onde deveríamos está proclamando a nossa República, nos deparamos pela sociedade se manifestando, "Fora Dilma" impeachment já, e sendo impedidos de exercer seu direito de ir e vir.
O impeachment da presidente seria inevitável caso a maioria dos parlamentares não estivessem atolados até o pescoço de corrupção. O jogo agora é: Se a presidente cair a maioria de vocês caem! "Se fulano cair a presidente cai primeiro. Enquanto eles estiverem neste poço de lama, o povo sofre. Gás, Energia, Combustíveis, Alimentos, etc sobem todos os dias. A inflação já voltou faz tempo, e todos fingem não ver. E para ter certeza, basta ver as manchetes dos últimos dias.
Este é o meu desabafo! 
Por: Sérgio Vieira