sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

HERÓIS DA FÉ

 *Heróis da fé*

Sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que ele existe e que recompensa aqueles que o buscam._ (Hebreus 11:6)

Com a evocação de figuras históricas e o tom esperançoso em meio a provações, Hebreus 11 é uma das passagens favoritas de muitos cristãos. Nesse capítulo, ao apontar o segredo da vitória dos heróis bíblicos diante dos desafios, o autor não escolheu a palavra aliança, nem teologia, nem perseverança, nem esperança, mas fé (palavra usada 27 vezes).

A expressão "pela fé", repetida 21 vezes no capítulo, é o que define o teor das diferentes experiências dos heróis de Deus ao longo das eras. Foi por meio da fé "que os antigos receberam bom testemunho" (Hb 11:2) e é por meio dela que os modernos e pós-modernos receberão aprovação.

Ao mencionar sua galeria de heróis, o autor de Hebreus usa vários recursos retó­ricos para dar a sensação para os ouvintes (e leitores) de que o número de heróis é ainda maior. Para ele, ter fé é o segredo para ir em frente até chegar à cidade eterna e invisível. Em cada situação, a fé acha uma maneira de ver o invisível, conquistar o inconquistável e receber o inefável.

Ter fé como a de Abel é oferecer o melhor para Deus. A fé leva você a sacri­ficar/adorar. Ter fé como a de Enoque é desenvolver amizade com o Eterno. A fé leva você a caminhar com Deus. Ter fé como a de Abraão é acreditar nas pro­messas de Yahweh e peregrinar o resto da vida pela terra que ele indicar. A fé leva você a jornadear com Deus, saindo do mapa conhecido. Ter fé como a de Sara é se considerar mãe de uma multidão mesmo quando se é estéril e não se tem um bebê para segurar nos braços. A fé leva você a esperar e receber a promessa de Deus. Ter fé como a de Moisés é recusar as riquezas passageiras do mundo para receber as glórias eternas. A fé leva você a ver o invisível. Ter fé como a de Raabe é acreditar que Deus pode derrubar os muros ao redor e oferecer a oportunidade para um novo começo. A fé leva você a mudar as prioridades e a abandonar ídolos. Ter fé como a de Sansão é pedir uma nova chance e acreditar que sua força pode voltar, mesmo quando você desperdiçou seus dons. A fé leva você a consertar os erros do passado e a se dispor a morrer pela honra de seu Deus. Ter fé como a de Martinho Lutero é reformar a igreja apesar da oposição. A fé leva você a buscar a renovação. Ter fé como a de George Müller é alimentar orfanatos pelo poder da oração. A fé leva você a confiar na provisão divina.

Pela fé, uma geração continua o trabalho da anterior, até o plano divino ser totalmente cumprido e  toda a família de Deus se reunir para receber a promessa.