segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

AGORA É DEFINITIVO VOLNEY LEITE É CANDIDATO À PREFEITO E BETO CAJU VICE

Agora é definitivo: Foi Homologado em convenção municipal ocorrida ontem (Domingo) 12 de fevereiro, os nomes de Volney Leite - DEM, prefeito e Beto Caju - SD, vice prefeito.

Além da Família dos pré-candidatos, esteve presente várias famílias do município de Carmópolis e do Povoado Aguada, que de uma forma calorosa receberam com muita alegria os nomes previstos para disputar a eleição do dia 02 de Abril de 2017. O povo não parava de vibrar, pois no ultimo dia 02 de outubro votaram no 25 e elegeram Volney e Theotonio, prefeito e vice respectivamente.

Infelizmente o MPE, (Ministério Público Eleitoral), cassou a candidatura do vice prefeito, alegando improbidade administrativas. Mesmo assim o entusiamo era muito grande, pois a chapa simplesmente foi substituída de pai para filho. Ou seja Theotonio se afastou e seu filho Alberto Narciso da Cruz Neto, o Beto Caju assume o papel de vice prefeito, aclamado pelo povo carmopolitano, reconhecendo seu trabalho de coordenador na ultima campanha de outubro de 2016.
Com um discurso emocionado, disse "que aceitou o convite para honrar o nome do seu pai, e fará o melhor pela cidade e pelo povo, auxiliando o prefeito Volney no que for preciso". Ainda disse: Carmópolis, não terá apenas um vice, mas sim dois vices".

AUTORIDADES PRESENTES

A solenidade foi bastante concorrida, além das autoridades locais, como os vereadores da Base Aliada eleitos no ultimo dia 02/10/16, vereadores Adilson Alves Ramos-PT do B e João Gilberto-GIL-SD, contava também com adesões importantes como as dos vereadores Manoel Lima Mendonça-PT e Cristiano Mendonça-PSB, além de novas adesões entre elas dos ex-vereadores Marcio José Garcia (Marcio de Louro), Aercio de Aguada entre outras lideranças como, Genelson(Boboi), Lula e Marcos Cabeleireiro, que agora seguem a Coligação "Junte-se a Nós". Ex-vereador Carlinhos, Isaque Santos e Elio Costa que já estão na batalha desde a eleição passada, destaca-se também a presença do Ex-vereador Decio Neto. Destacamos ainda a presença de lideranças como Claudemir Pinheiro-CACAU, Zito Araújo, Sérgio Vieira, unidos em prol desse projeto. Vários deputados estaduais presentes, Zezinho Guimarães, Gustinho Ribeiro e Robson Viana, Federal Laércio Oliveira e Reinaldo Moura representando o Deputado André Moura. José Carlos Machado, destacou sua amizade com Volney a mais de 40 anos na vida pública.

ABAIXO MAIS FOTOS DA SOLENIDADE DA CONVENÇÃO MUNICIPAL


- VEREADOR CRISTIANO MENDONÇA
- EX-VEREADOR MANOEL CARLOS
- VEREADOR GIL
- EX-VEREADOR SÉRGIO VIEIRA
- BACHAREL  










COMUNIDADE E LIDERANÇAS PRESENTE À CONVENÇÃO MUNICIPAL

ELIENE RITA
CLAUDEMIR PINHEIRO - CACAU
DECIO GARCEZ






SÉRGIO VIEIRA JÚNIOR

SÉRGIO VIEIRA

VOLNEY LEITE ALVES - CANDIDATO A PREFEITO DE CARMÓPOLIS


VEREADOR ADILSON RAMOS
VEREADOR JOÃO GILBERTO - GIL
BETO CAJU - CANDIDATO A VICE PREFEITO
VOLNEY LEITE - CANDIDATO A PREFEITO
VEREADOR CRISTIANO MENDONÇA
VEREADOR MENDONÇA



- ROBSON VIANA
- LAERCIO OLIVEIRA
- REINALDO MOURA
- VEREADOR MENDONÇA
- VICE PREFEITO MONTEIRO 
DE ROSÁRIO DO CATÊTE

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

PARA MEDITAR: BREVE HISTÓRIA DA MEDICINA

*Breve história da medicina*

De cada lado do rio estava a árvore da vida, que dá doze colheitas, dando fruto todos os meses. As folhas da árvore servem para a cura das nações._ (Ap 22:2)

A medicina chegou a um estágio de sofisticação incrível. Porém, ela não tem a solução para todos os males que nos afligem. Por isso, os pesquisadores se voltam aos poderes da natureza. De acordo com uma brincadeira intitulada "Breve História da Medicina", o paciente diz: "Doutor, estou com dor de ouvido." Em 2000 a.C, o médico responde: "Coma esta raiz." Em 1000 d.C.: "Essa raiz é paga; faça esta ora­ção." Em 1850 d.C.: "Essa oração é superstição; beba esta poção." Em 1940 d.C.: "Essa poção é óleo de cobra; tome esta pílula." Em 1985 d.C.: "Essa pílula é ineficaz; tome este antibiótico." Em 2000 d.C.: "Esse antibiótico é artificial. Coma esta raiz!"

Na verdade, a cura começou e terminará com uma planta, mas não qualquer raiz. Deus concentrou poderes medicinais miraculosos na árvore da vida, a delícia das delí­cias do jardim do Éden. Esse jardim, conhecido como "paraíso", estava localizado no leste/oriente, direção que no mundo cultural da Bíblia representava a vida. E a árvore ficava no centro do jardim. Nesse caso, o autor de Gênesis usou a geografia para falar de teologia. A árvore da vida tinha um papel central, pois era o símbolo da imorta­lidade conferida por Deus. Ela concentrava em si todos os elementos da vitalidade. Embora não tivesse um caráter mágico, possuía poderes sobrenaturais. Magnífica, era um lembrete da finitude do ser humano e um meio de transcender essa finitude.

O fato de Jesus ter morrido crucificado é altamente sugestivo, no contexto da árvore da vida. Os apóstolos Pedro e Paulo se referem cinco vezes à cruz como "madeiro" (xylon). O termo grego utilizado por eles pode ser traduzido também por "árvore". Pedro explicitamente conecta o madeiro com a cura: "Ele mesmo levou em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, a fim de que morrêssemos para os pecados e vivêssemos para a justiça; por suas feridas vocês foram curados" (1Pe 2:24). Ao ser pendurado numa árvore, Cristo assumiu a maldição que bloqueou o acesso da humanidade à árvore da vida, a fim de nos devolver o acesso a essa árvore. Esse tema foi muito explorado na arte cristã antiga, que via uma conexão íntima entre a árvore da vida e a cruz.

No futuro, Jesus dará a você e a todos os remidos a senha de acesso a essa árvore, que representa cura e vida eterna. Quando você tiver uma dor, ficar doente, for ao médico, enxergar um hospital ou mesmo tomar uma pílula, saiba que o futuro da medicina está em uma árvore. Afinal, o símbolo da medicina que confere imor­talidade não é um bastão tosco com uma   serpente em volta, mas um madeiro rude com um homem pregado nele.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

CARMÓPOLIS VIVE MOMENTOS DE EXPECTATIVAS!!!


O clima em Carmópolis continua tenso, devido a dúvida e a incerteza que pairam nos bastidores da cidade.

Tudo isso porque haverá pela primeira vez uma nova eleição para escolher prefeito e vice prefeito, devido a anulação ocorrida referente a eleição de 02 de outubro de 2016. Que o povo de Carmópolis elegeu Volney Leite prefeito e Theotonio Neto vice. A diferença foi acima de 1.500 votos.

A gestão passada espalhou o terror de que o município estava falido. Porém a receita de dezembro foi acima de 8 milhões de reais e janeiro acima de 6 milhões. Dinheiro suficiente para manter as contas em dias de um município pequeno e que tem apenas um Povoado (Aguada). Infelizmente a cidade estava sendo mal administrada e o dinheiro saindo pelo ralo... A prova disso é exatamente o decreto do prefeito interino Luiz Guimarães que decretou estado de emergência, confirmando a incapacidade administrativa da ex-gestora que no último ano de sua gestão não estava fazendo nem os serviços básicos como: Iluminação pública, coleta de lixo, manutenção das ruas, transporte escolar, medicamentos etc.

Uma nova eleição ocorrerá no dia 2 de abril, e, até o dia 13 de fevereiro saberemos quem serão os candidatos a prefeitos de Carmópolis, data limite da convenção municipal partidária. 

Na ala da oposição será mantido o nome do prefeito eleito em 2/10/16, Volney Leite Alves,  esperando ser confirmado no dia 2 de abril de 2017, tendo como vice o Jovem músico e compositor Beto Caju,  aclamado pela maioria das lideranças que compõem as oposições. 

Já pelo grupo da ex-prefeita Esmeralda não se sabe ainda se manterá a mesma chapa. Seu sobrinho Felipe prefeito e Gladson Garcia vice prefeito. Comenta-se que o ex-vereador Gladson cogita ser o candidato da base aliada da ex-prefeita. E o prefeito interino Luizinho? Poderá ser candidato a prefeito? Seria o candidato da sua base? Muitas águas vão rolar até a data da convenção. 

Uma coisa eu tenho certeza: O povo já tem na mente e no coração o seu candidato. 

Na verdade o que queremos para nossa cidade é alguém que governe com competência e responsabilidade.

Matéria Exclusiva do Blog do Vieira
Por: Sérgio Vieira

sábado, 4 de fevereiro de 2017

SE VOCÊ AINDA TEM DÚVIDAS DA NOVA ELEIÇÃO EM CARMÓPOLIS, LEIA ESTE ARTIGO


O advogado Márcio Conrado, um dos mais qualificados e respeitados especialistas em direito eleitoral do Estado de Sergipe, garante que o mais votado em Carmópolis na eleição de 2016, Volney Leite Alves, não tem qualquer embaraço jurídico que o impeça de ser candidato novamente a prefeito na eleição suplementar marcada pelo TRE para o próximo dia 2 de abril, em Carmópolis.

Sua declaração rebate especulações em contrário e esclarece definitivamente os fatos relativos a esse imbróglio jurídico que ainda envolve a eleição no município.

FATO JURÍDICO  

Marcio explica que a chapa composta por Volney Leite Alves (DEM) e Theotônio Cruz Neto (SD) disputou e venceu a eleição de 2 de outubro de 2016 legalmente registrada junto ao Juízo da Comarca de Japaratuba. Depois da eleição, entretanto, o TRE considerou inaptos os respectivos registros dos candidatos eleitos e, na sequência processual, o TSE reformou em parte essa decisão.

Em Brasília, por decisão monocrática do ministro Henrique Neves, a candidatura de Volney foi liberada de pronto, enquanto o registro da candidatura de Theotônio ficou para ser julgado e decidido em caráter definitivo pelo Pleno do tribunal, o que até agora não ocorreu.

FATO POLÍTICO

Para não alongar ainda mais o sofrimento da população de Carmópolis com o caos administrativo existente na cidade, a grave crise financeira, denúncias de irregularidades e insegurança política instalada no município com uma gestão interina  - afinal, o julgamento do processo pelo Pleno do TSE poderia levar meses - Volney e Theotônio decidiram renunciar aos legítimos direitos que tinham de prosseguirem com a causa tramitando no tribunal e, para que isso acontecesse, pediram o imediato arquivamento do referido processo.

Segundo o doutor Márcio Conrado e seus colegas advogados Hunaldo Mota e Rafael Andrade, com base nesse fato e também noutras nuances e fatores jurídicos e processuais, o TRE teria corretamente se antecipado à agenda do TSE e decidido marcar a eleição suplementar em Carmópolis logo para o início do próximo mês de abril.

VOLNEY CANDIDATÍSSIMO

Diante disso - garante o especialista em direito eleitoral - Volney está pronto para ser candidato a prefeito outra vez:

"Volney está liberado dos processos no TSE e não possui nenhuma outra condenação por improbidade, em grau de colegiado, o que poderia lhe deixar inelegível .

Sua chapa para a nova eleição está formada - agora com o músico Beto Caju, como vice-prefeito -, os dois candidatos já tiraram todas as certidões exigidas pela legislação eleitoral e estão perfeitamente aptos para a nova eleição.

"Logo depois da convenção partidária faremos, sem problema  nenhum e com toda segurança jurídica, os devidos registros das candidaturas de Volney e Beto para prefeito e vice-prefeito de Carmópolis" - finalizou o conceituado advogado eleitoral Márcio Conrado.

Fonte NE Notícias