segunda-feira, 7 de setembro de 2015

7 de Setembro - QUAL SUA VERDADEIRA INDEPENDÊNCIA?


Segunda, 7 de setembro - Independência ou Morte!

Se o Filho os libertar, vocês serão, de fato, livres. João 8:36

Em 1822 o Brasil estava agitado. Dom Pedro de Alcântara, filho do imperador português Dom João VI, era o Príncipe Regente, e suas ações causavam preocupação à Coroa Portuguesa. Após a Revolução do Porto em 1820, Portugal havia se tornado uma monarquia constitucional, e o interesse do novo governo era recolonizar o Brasil, diminuindo sua autonomia administrativa.

Dom Pedro, opondo-se a esse plano, chegou a ser convocado pela Coroa a retornar a Portugal. Após receber um abaixo-assinado com mais de 8 mil nomes solicitando que ele permanecesse no país, respondeu: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico.” Isso ocorreu em 9 de janeiro de 1822 e ficou conhecido como “Dia do Fico”. A partir disso, o Príncipe Regente convocou uma Assembleia Constituinte e determinou que nenhuma lei do Império teria eficácia no Brasil sem sua prévia validação.

Em 7 de setembro de 1822, enquanto viajava de Santos a São Paulo, Dom Pedro recebeu um comunicado de Portugal que anulava a Assembleia Constituinte e o convocava para retornar imediatamente ao seu país de origem. Quando ele leu a carta, próximo ao riacho do Ipiranga, declarou: “Independência ou Morte!” Esse ato simbólico marcou a Independência do Brasil.

Você já deu seu grito de independência contra o pecado? Assim como o Brasil era explorado pela Coroa Portuguesa, a humanidade é escrava do pecado e precisa de um Salvador. Há quem procure a liberdade em pessoas erradas ou em atitudes que apertam ainda mais as amarras do erro.

A verdadeira liberdade é encontrada unicamente em Jesus. Ele é o Príncipe que nos libertou com sua morte na cruz. Ali, Ele proclamou nossa redenção com o grito “Está consumado” (João 19:30).

Nosso Príncipe tornou-se o Rei dos reis e nos libertou de todo mal. Aceite a soberania dEle em sua vida!