terça-feira, 15 de dezembro de 2015

SÍNDROME DE DOWN - UMA DOENÇA OU UM MILAGRE DE DEUS?

Reflexão: NICOLAS
              
               
"Por isso não tema, pois estou com você; não tenha medo, pois sou o seu Deus. Eu o fortalecerei e o ajudarei; Eu o segurarei com a Minha mão direita vitoriosa". (Is. 41:10)

E agora? Estávamos eu e meu marido no quarto da maternidade, quando o pediatra nos relatou que nosso filhinho havia nascido com suspeita de ser portador da síndrome de Down. Para confirmação, era necessário fazer um exame cujo nome é cariótipo. Muitas coisas passaram pela minha cabeça, muitos porquês. Por que eu?


Passados alguns dias, fizemos o exame. Após um período de agonizante espera, recebemos a confirmação, embora já tivéssemos certeza, pois suas características demonstravam isso. Na época, meu marido lutava contra a aceitação da síndrome. E tudo isso me deixava preocupada, pois temia que ele não aceitasse nosso filho como ele era.

Como a maioria dos portadores da síndrome de Down, o Nícolas também nascera acometido de uma cardiopatia. Ele tinha uma CI (comunicação entre o ventrículo direito e o esquerdo), que popularmente chamamos de "furinho". Ficamos abalados com o diagnóstico, pois seu desenvolvimento estaria ainda mais prejudicado e, se a CI não fechasse, ele teria que ser operado.

Meu marido e eu oramos pedindo a Deus que não fosse necessária a cirurgia, mas Deus fez mais do que isso. Ele restaurou totalmente o coração do Nícolas. Hoje, Nícolas não precisa nem ao menos de acompanhamento cardiológico e está liberado para toda e qualquer atividade física.

Desde o primeiro mês de nascimento, levamos o Nícolas em fisioterapeutas, fonoaudiólogos e médicos, que o acompanham até hoje. Sabemos que a jornada é longa e difícil; porém, Deus nos fortalece e nos ajuda todos os dias.
Por meio de muitas orações e súplicas, Deus nos confortou e, hoje, sabemos o real motivo de termos recebido de Deus o Nícolas. Por intermédio dele, Deus nos resgatou e nos transformou. Temos a maravilhosa oportunidade de ver todos os dias os milagres de Deus na vida do nosso filho. Não conseguimos nos imaginar sem essa criança tão maravilhosa.

Tenho apenas a dizer: Obrigada, Senhor, por nos presenteares com um ser tão lindo, que nos faz ver todos os dias os Teus milagres.

Colaboração: Professor Joaquim/JP

Sérgio Vieira